Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Cantores 'pop gospel' estão afundados em polêmicas. Por quê arrastam multidões?

Portanto,  pelos seus frutos os conhecereis"
Mateus 7:20
                                                                                 Rep:blogEmunah

Uma onda de polêmicas envolvendo celebridades gospel, principalmente cantores, estoura a todo instante nas mídias, principalmente na internet. O nosso informativo já alertou sobre os shows inovadores que tem arrastado multidões pelo Brasil. Esses eventos estão recheados dessas celebridades.              
                                                                                
Os cristãos atuais estão com o hábito de seguir e idolatrar artistas que se tornam fenômenos no meio chamado de gospel. Esses, com estilos imitantes dos estilos seculares, estão atraindo essa geração. Vários desses cantores que parecem não ter se convertido ao evangelho de Cristo, devido os exemplos que dão publicamente, conseguem facilmente vender seu produto. Fazem dos seguidores verdadeiros consumistas dos seus materiais. Eles mesmos, espertamente, viram produtos comerciais.

Em entrevista, um desses fenômenos 'pops gospel' dizia ouvir músicas seculares. Faz atos estranhos nos shows, tipo festival de verão e rock in rio. Jogam-se pelo chão, gritam histericamente, misturam todos os tipos de estilos, fazem danças de rua, tornam o ambiente no modelo de boates iluminadas. Enchem-se de tatuagens com simbologias estranhas. Seguem tendencias utilizadas por estilos anticristãos.

REPRODUÇÃO/GNOTÍCIAS
Uma chuva de polêmicas estão a todo o vapor na internet. Capas de Cds, produtos comerciais, cenários de gravação, roupas usadas pelos artistas gospel, cobranças absurdas de cachês, cantores seculares fazendo participação especial nos shows dos cantores gospel, e por aí vai...

Polêmicas e mais polêmicas

Um dos cantores pop postou foto com uso de brincos. Depois  se envolveu, junto com outra pessoa, em uma séria polêmica. Um vídeo vazou e está dando muita confusão. Fazendo que muitas opinem contra o fato exposto ao público. 


Muitos dão mau exemplo aos jovens. Cabelos extravagantes, com moldes imitantes das novas modas, cantam musicas secular junta com as gospel. Fazem letras sem sentido nenhum e com clips com suspeitas de ocultismo, até. Convidam cantores seculares para cantarem juntos nos shows gospel. Uma verdadeira salada de frutas. Nesses shows, acontece de tudo. Até a segurança pública tem que ser acionada, muita das vezes. 

"Um rapaz estava com más intenções com uma colega minha, durante o show. Passou a mão sobre as partes íntimas dela. Não gosto desses shows", contou uma jovem durante um estudo bíblico em uma igreja evangélica. 

O comercialismo é um dos focos

A vendagem de ingressos, a venda dos produtos( camisas, objetos, etc.), a auto divulgação para se chegar ao estrelismo, produz um resultado financeiro agradável para essa indústria.

Em matéria de um Site que toca assuntos polêmicos de artistas do meio gospel, foi citado alguns dos maiores cachês de cantores evangélicos. Um dos cachês passam a casa dos 100 mil reais, fora outras exigências que não entram no valor exposto. Carros executivos, hotéis de luxo... e por ai vai.


Um movimento intitulado Movimento pela ética Evangélica Brasileira - Evangelho Puro e Simples, com o lema "O show  tem que parar", tem utilizado a internet para combater líderes e o crescimento do mercado gospel, que tem arrastado multidões pelo país.  Eles fazem protestos em eventos milionários patrocinados por líderes evangélicos e grandes empresários do meio musical gospel. Uma matéria do Gnotícias, deu o seguinte título: Líder do grupo evangélico que organiza protestos na Marcha para Jesus afirma que a igreja se tornou “negócio”.

E a multidão... segue atrás

Os shows que parecem mais carnavais, concentram cada vez mais o número de pessoas. Caravanas se organizam, grupos jovens, existem até fãs clubes das estrelas gospel, tudo para ver um dos ídolos. O valor varia entre R$25 e R$ 50. Os passaportes para entrar nos shows são vendidos em agências promotoras e divulgadoras de eventos diversos, como shows de pagodes. Será que a multidão segue atrás devido a inovação, a facilidade, a moda atual? Ser cristão liberal é ser uma pessoa esperta, atualizada. Tem até lideres evangélicos incentivando ao uso de tatuagens. A pequena palavra renúncia está fugindo do nosso dicionário pessoal. 

A palavra de Deus já nos alertava:Não vos conformeis com este mundo. Seja forte e vença essas influências e desejos que vem até você. Lembre-se dessa mensagem de Deus ao seu coração: Esforça-te e tem bom ânimo!


Qual a sua opinião, você acha uma conquista da Igreja, ou tudo isso significa os sinais da vinda de Cristo, devido ao crescimento da iniquidade? Dê sua opinião.




Nenhum comentário: