Pesquisar este blog

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Alguns países proibiram o filme pornográfico, o tal dos 50 tons... Apresentadora americana chama a produção de violência doméstica disfarçada

A produção cinematográfica mais citada do momento(50 tons de...), já bateu recordes em vários países.  O filme sensual tornou-se um dos assuntos mais comentados nas mídias virtuais e nas conversas extras de muitas pessoas.

Em meio a elogios e críticas, o filme de teor pornográfico, foi barrado em alguns países. Mesmo com tanta divulgação das mídias, o filme não foi liberado em alguns países. Segundo o Estadão, na seção CulturaCinema, países como a China, Malásia, Quênia e China, tem restrições a produções com teor de pornografia.

Em alguns países, o livro é autorizado pelo governo, mas a produção audiovisual é totalmente proibida.

Uma apresentadora de um programa americano, "Today", disse que o filme não passa de um incentivo à violência doméstica e nunca viu nada mais apavorante.

No Brasil, com certeza, não existe nenhuma proibição, exceto na faixa etária(uma simples restrição).

Segundo pesquisas do blog, o filme além de teor fortemente pornográfico incentiva a violência e pode trazer graves resultados aos que assistirem. Inclusive já se fala de resultados negativos por pessoas que foram influenciadas pelo filme erótico.


Sabemos que é difícil resistir a curiosidade de assistir ao filme inadequado, mas é melhor fugir dessa atrações devastadoras que afrigem a decência e o respeito ao gênero humano.


Nenhum comentário: